Postagens

Mostrando postagens de 2007

Da série "Como é que eu não pensei nisso?"

"A preguiça é a mãe do progresso. Se o homem não tivesse preguiça de caminhar, não teria inventado a roda". (Mário Quintana)

Tudo sobre minha mãe

Imagem
Minha mãe sempre foi professora pública. Nasceu pra isso e assim morrerá. Aos sessenta e poucos anos – confesso não saber ao certo –, trabalha manhã, tarde e noite pra sustentar sua casa em Alagoinhas. Fazer o quê? Em um país de eleitores semi-analfabetos de cabresto, ser professor é padecer no paraíso da corrupção. E ganhando mal pra caralho.
Hoje, quase dez anos após sair de casa e com um canudo de jornalista guardado não sei onde, sinto-me como minha mãe. Neste Bunda-Brasil de índice pífio de leitura e do resumo das novelas que o povo lê e, sabe-se lá como, ainda se emociona no dia seguinte, mesmo já sabendo o final – eu também preciso ralar os três turnos para pagar as minhas contas.
Não sou nada. Nunca serei nada. Não posso querer ser nada. À parte isso, tenho em mim todas as dívidas do mundo. E tão somente por ter resolvido abraçar uma profissão que atende ao interesse público, e não ao interesse do público. Mexer a bunda custa caro; escrever sobre política, economia, segurança pú…

Lá vem bomba!

Descoberta fará Brasil virar exportador de petróleo, diz Dilma
CIRILO JUNIOR
da Folha Online, no Rio
A descoberta de reservas gigantes de petróleo no campo de Tupi, na Bacia de Santos, anunciado na manhã desta quinta-feira, coloca o Brasil em um novo patamar na indústria do petróleo, disse o governo federal.
"É algo que poderá contribuir para que o Brasil passe de nação intermediária no setor de petróleo e entre em outro patamar. Se tudo isso de extensão for confirmado, o Brasil passará à condição de país exportador de petróleo", afirmou a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil).
Os testes realizados pela Petrobras no campo indicam um volume recuperável de 5 bilhões a 8 bilhões de barris de óleo e gás natural. Trata-se da metade de todo o petróleo descoberto pelo país nos últimos 50 anos, segundo Dilma.
................

Logo, logo Bush estará na TV dizendo que Lula fabrica armas químicas e mísseis norte-americanos explodirão em nossas cabeças.... É o fim.

Óia o que fala!

Imagem
Se você é jornalista - assim como eu - e gosta de botar apelido nos colegas de redação - assim como eu -, precisa estar atento - assim como eu. Pra não acabar fazendo, ou melhor, dizendo merda. Assim como o William Waack.

Nossa guerra

Imagem
Cristovam Buarque



Na semana passada, no município catarinense de Joaçaba, uma moça pôs um gravador na minha frente e perguntou: "O que você diria ao pai de um jovem de 16 anos que diz ter decidido ser professor?" Respondi: "Diria que me sentia como se o rapaz estivesse se alistando no Exército em tempos de guerra. O pai tem todo o direito de se assustar com o futuro do filho, mas tem motivos para se orgulhar do seu patriotismo". A pergunta de Santa Catarina se justifica plenamente. Hoje, raros pais ficam felizes com a opção de um filho pelo magistério. Um mês atrás, em Brasília uma professora da rede pública me disse que o pai deixou de falar com ela, desde quando ela lhe comunicou sua opção pelo magistério. No Brasil, escolher o magistério é um gesto extremo, como alistar-se para ir à guerra. É triste reconhecer, mas a carreira de professor não oferece um futuro promissor. O jovem que escolhe essa carreira provavelmente terá um salário baixo, trabalhará em escolas …

Esgoto invade maior hospital de Brasília

Imagem
Um vazamento na rede de esgoto provocou uma inundação no primeiro andar do Hospital de Base, o maior do Distrito Federal. Um cano estorou (sic) e os funcionários tiveram que limpar o esgoto que invadiu o hospital. O mesmo problema, dizem os funcinários (sic), ocorreu na semana passada no térreo do Hospital de Base.

As obras para troca da tubulação e das lâmpadas já começou (???) no Hospital de Base, mas não há previsão de quando serão concluídas. Além da infra-estrutura comprometida, falta material cirúrgico, inclusive para operações de alto risco.
(globo.com)

.......
Pelos "SICs" e pelas "obras já começou" não sei quem tá mais na m...., a saúde ou o jornalismo em Brasília...

Pitada de poesia

Eu pressuponho que escrevo por sobrevivência.
O texto me exaure até a asfixia plena.
É sempre um óbito necessário.
(Ézio Deda - poeta sergipano)

Prazer, eu sou o Calheiros

Imagem
Renan Calheiros foi absolvido. E daí? A cassação não é um ato punitivo. É um prêmio. O ladrão de galinha mofa no xilindró. O de gravata simplesmente é cassado, tira umas férias remuneradas – com os nossos impostos, diga-se de passagem – e, graças aos votos de cabresto e à anêmica memória da Nação, retorna ao poder com olhar compadecido, discurso democrático afiado, entre abraços calorosos de bajuladores e comparsas. Um regresso triunfal, hollywoodiano.
Roberto Jefferson foi cassado e virou celebridade. Lançou livro. Em seu blog, define-se “ex-deputado, 54 anos, advogado, aprendiz de cantor”. É, de fato, um artista nato. ACM, este bem mais astuto, violou o painel do Senado e logo deu um jeitinho de escapar aos oito anos de cassação (pena cruel por demais para quem viveu sob a égide do autoritarismo e, como um carrapato, cevou a sugar o sangue, derramado, por que não dizer, pela ditadura militar). Sim, ACM renunciou e, dois anos depois era um senador reeleito. Somente no mês passado, por…

Quem matou Taís?

Imagem
Preparava-me pra redigir um artigo sobre o episódio Renan Calheiros, quando chegou ao meu e-mail o artigo abaixo, do Luciano Pires, autor de Brasileiros Pocotó. "Um cartunista interessado na provocAÇÃO, inspirAÇÃO, inovAÇÃO e na transformAÇÃO das pessoas" (assim ele se define). Bom, lancei mão do artigo (com a devida autorização do autor, é claro) e publico na íntegra, aproveitando para divulgar o Café Brasil, site do Luciano. Um espaço muito bacana, com críticas atualizadas, fóruns, vídeos, enquetes, entrevistas, indicações de livros, filmes etc. etc. etc. Vale a pena conferir (o site e o artigo!!)

Quem matou Taís?
LUCIANO PIRES

Lá para os idos de 1990, Renan Calheiros era um fiel escudeiro de Fernando Collor. Lembro que ele chamava atenção pelo cabelo sempre despenteado. Era uma figura estranha, vivendo na sombra do poder. Foi eleito senador pelo estado de Alagoas em 1994 e reeleito em 2002. Quando do impeachment, fazia parte da “tropa de choque” que defendia Collor.
Collor se…

Brasil, país da sindicância (e da "cinicância"!)

Imagem
Atenção "representante do povo"! Descobriram aquele ‘desviozinho’ de milhões do erário público que, sabe-se lá como, foram utilizados para financiar a sua campanha eleitoral??? Vidas ceifadas por falta de estrutura nos hospitais públicos que o senhor administra acabaram inconvenientemente ilustrando as primeiras páginas dos jornais??? Algum engraçadinho resolveu dizer a um repórter FDP que os detentos do presídio que o senhor administra recebem até pizza na cadeia??? Um desastrezinho aéreo mata mais de duas centenas de pessoas depois de o senhor investir pesado na ornamentação do aeroporto e ‘se esquecer’ de gastar bem menos pra reformar aquela pista de pouso onde outros aviões já haviam derrapado e vidas já tinham sido postas à prova??? Os descalabros da sua tragicômica gestão pública vieram à tona e a imprensa causou aquele furdunço que pode lhe arrancar votos nas próximas eleições???
SEUS PROBLEMAS ACABARAM! CHEGOU A SUPER-ULTRA-HIPER-MEGA SINDICÂNCIA!
Somente com a sindicância …

Adolfo é um mentiroso!

Imagem
VIVA LA BRASA!
Adolfo Sá é um mentiroso. E eu posso provar!
Alguém cogitaria dar credibilidade a uma frase como “Álvaro Müller é meu amigo e por acaso um dos melhores jornalistas da nova geração”? Eu, particularmente, não. Acima de tudo, pela exacerbada referência ao meu “talento” jornalístico (ai meu São Pauteiro, existirá no mundo um bom jornalista homônimo a mim???). E depois, por que qualquer afirmação precedida do conjunto de palavras “é meu amigo” está passível de suspeição. Afinal, você já viu amigo falar mal de amigo???
Tudo bem que em seu blog Viva La Brasao cara (que trabalha comigo na Aperipê TV, manda ver na edição de imagens e nos quadrinhos) até solta algumas verdadezinhas, do tipo “O boteco do Müller passou uns meses fechado mas reabriu semana passada, e está funcionando 24 hs. Em seu mais recente post, ele segue zoando o jornalismo-malhação que impregna a TV atual”... Verdade, Adolfo, verdade...
Pô! E por falar no Viva La Brasa, quem acessa o blog do Sá tem acesso a textos…

Filhos da pauta!

Imagem
"Três, dois, um. Início do off". Respiração ponderada e microfone em riste, o repórter televisivo anuncia, de forma pomposa, a sua morte. Em meio a tanto esplendor, a tanto espetáculo, não percebe que é um suicida. E que na televisão é assim. Retocam-se as maquiagens, borram-se os textos, enodoam-se as idéias, destemperam-se o faro investigativo e a criticidade do engomado jornalista.
A inquietude se foi. O olhar fulgurante, sedento, incisivo sobre a pauta praticamente inexiste. Abriu alas para uma apatia descomunal, para a incapacidade de questionamento; perdeu para o discurso medíocre da instantaneidade, do imediatismo; vergou-se frente a correria bestial para 'cobrir tudo' que, geralmente, acaba por não cobrir bulhufas.
O repórter televisivo deixou de ser a víbora e encarnou lagartixa. Perante o entrevistado, balança insistente e positivamente a cabeça, sorri de forma cínica, como se estivesse a processar as informações que recebe, mas nada disseca. As absorve ape…