Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2008

Ali, naquele bar...

Imagem
Torcedor que é torcedor já nasce xingando

Foi a última vez em que assisti o jogo do meu Vitória naquele boteco de beira de pista. Nada contra botecos, é claro. Sou dos que preferem uma branquinha em cacete armado e de sandália havaiana, a um uísque em restaurante esmerado, com uma gravata a me achacar a goela. O problema, sim, era com aquele boteco, especificamente. Aquele antro da desorganização, cujas grades enjaulam torcedores de toda raça com animais: flamenguistas filhotes da Rede Globo, vascaínos, palmeirenses, corintianos, rubros, tricolores, rubro-negros, azulinos e alvi-verdes de quase toda ordem, engaiolados e confinados para comer carne de quinta no espeto e acompanhar, em um barulho ensurdecedor e na longa espera pela cerveja, a partida do seu time do coração.

Digo torcedores de quase toda ordem com a propriedade de quem não se afeiçoa ao show dos ‘paraíbas’ que cantam, gritam, xingam, riem e choram pelos times do Sul e Sudeste. Vou ser mais claro: faltam ali, naquele bar, t…

VADE RETRO!!!

Imagem
Presidente do Fla presenteia Papa com o 'Manto Sagrado'

No Vaticano, Marcio Braga explicou a Bento XVI o que significa o Flamengo, sua tradição e a importância do clube brasileiro no cenário internacional

Após duas horas sob um calor de 40 graus na Praça de São Pedro, o presidente Marcio Braga entregou ao Papa Bento XVI a camisa do Flamengo. O Papa demonstrou surpresa e entusiasmo ao receber a camisa personalizada. Estavam presentes o ministro da Embaixada Brasileira em Roma, Jorge Ney Fernandes, o advogado Pedro Trengrouse e João Marcio Braga, filho do presidente do clube carioca. Emocionado, o presidente recebeu a benção papal em nome de todos os rubro-negros.

O profissional-relógio (Ode ao Ribeiro)

Imagem
Esqueça o coleguismo. Amizade? Nem pensar. Adoeceu, perdeu um parente, precisa viajar, visitar o gerente da sua agência bancária antes que o seu nome vá parar no SPC? Problema seu. Não conte com o profissional-relógio, a não ser que a ‘caridade’ dele possa ser revertida no bendito banco de horas. Em suma, ele ajuda a si mesmo botando a banca de quem salvou a vida do colega. Mas, como diria meu amigo Anderson Ribeiro, um desses bestas que não admitem a possibilidade de colocar o tico e teco funcionando ao ritmo compassado do tic e tac, “banco de horas é coisa pra quem não tem o que fazer”. E num é que ele está certo?

O profissional-relógio não enxerga nada além do seu horário de entrada e saída no trabalho. Para aquém ou além do que registra no ponto, não faz nada que não lhe dê retorno. Foi contratado para trabalhar 8 horas e a empresa que se dane ou pague por cinco minutos que sejam a mais.

Já profissionais bestas como eu e Anderson Ribeiro são raros. E é por isso que trabalhar com ele…

O crime do século em Aracaju

Imagem
Djenal Gonçalves



Obs.: Para preservar a identidade das pessoas descritas abaixo, os nomes serão trocados. Qualquer semelhança com a realidade é mera realidade mesmo.

Ato 1 – Visão de Caninha

Caninha é um velho amigo meu de Alagoinhas, Bahia. Nem preciso explicar a razão do seu apelido carinhoso. Enquanto tiver uma loira na geladeira, ou fora dela, o cara não arreda o pé nem ca peste. Ainda bem! Apesar de toda manguaça, Caninha é um romântico inveterado, daqueles que não deixa passar um ‘Dia dos namorados’ sem presentear o amor da sua vida com presentes, segundo ele, super-criativos, que brotam da imaginação de seu coração apaixonado. Neste ano ele botou pra lascar, caprichou na produção. Foi no centro da cidade e comprou a mais linda almofada de veludo e mandou bordar uma foto sua ao lado de sua amada, como prova das eternas juras de amor que lhe dedica diariamente.
Antes do jantar, passou no trabalho e deixou o belo presente devidamente acomodado no banco da frente de seu carro, não sem …

MEUS problemas acabaram!!!

Imagem
Os meus, os de Cleomar, Gilson Souza, Anderson Ribeiro, Paulo Lobo, Djenal Gonçalves....


Fé cega, faca amolada

Imagem
Na última segunda-feira, 02, o deputado estadual Francisco Gualberto (PT) perdeu as estribeiras em discussão com o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Nivaldo Fernandes, e não contou dois tempos: puxou uma peixeira e ameaçou atravessar o bucho do sindicalista.

Até aí nada demais. Como bem disse a assessoria de imprensa do parlamentar, Gualberto “se exaltou um pouco, mas nada fora do comum”. Tá certo....

Agora, com o grau elevado de estrabismo do Chiquinho, eu quero ver é quem vai conter o pânico na Assembléia Legislativa....

Precavido que sou, ficarei sempre de frente para o Gualberto. Bem na direção do nariz. Duvido que ele me veja.

Fórmula do amor

Imagem
Alguns passam a vida a se perguntar se existe amor. Outros, convictos de sua existência, remoem-se na tentativa de encontrar uma palavra, uma frase, uma imagem que possa mensurar, conceituar o sentimento.

Pois bem, o botecospício acaba com o dilema de todos. Eis a tão esperada resposta:
. . .


Só não me venha, cambada de hipócritas, dizer que o amor é lindo.