Fé cega, faca amolada

Na última segunda-feira, 02, o deputado estadual Francisco Gualberto (PT) perdeu as estribeiras em discussão com o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Nivaldo Fernandes, e não contou dois tempos: puxou uma peixeira e ameaçou atravessar o bucho do sindicalista.

Até aí nada demais. Como bem disse a assessoria de imprensa do parlamentar, Gualberto “se exaltou um pouco, mas nada fora do comum”. Tá certo....

Agora, com o grau elevado de estrabismo do Chiquinho, eu quero ver é quem vai conter o pânico na Assembléia Legislativa....


Precavido que sou, ficarei sempre de frente para o Gualberto. Bem na direção do nariz. Duvido que ele me veja.

Comentários

Débora disse…
Engraçado foi Gualberto dizendo em Gilmar Carvalho que caso fosse pego sem nada nas mãos e apanhasse de Nivaldo Fernandes, ia reagir de alguma forma. "Nem que fosse cuspindo em protesto ao ato de violência".

Haja cuspe p'ra protestar, porque ia apanhar po peste.
GRace Melo disse…
Alguém acredita que Nivaldo seria capaz de bater no deputado? Eu não acredito... nem que ele fosse dois ia ter coragem pra isso. Mas que Gualberto agora faz mêdo, ah, isso faz. Muito boa a montagem e o blog.

Postagens mais visitadas deste blog

A síndrome do chifrudo imaginário

Quero ser médico do Detran!

Gordo na academia