Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2008

“Não canto pra galera. Canto pra gente”

Imagem
Em pleno Brasil do Créu, Xangai faz do respeito às raízes nordestinas a sua maior cantoria
Foto: MARCO VIEIRA


ÁLVARO MÜLLER

Quem é esse menestrel que entoa em cantorias a alma do nordestino? É o Xangai, o Eugênio Avelino. O artista que, ainda menino, lá pras bandas de Vitória da Conquista, Sertão da Bahia, “brincava tangendo carneiros / fim de tarde na rede sonhava / belo dia seria um vaqueiro”. Xangai. Um cantador, um trovador, um violeiro. Um vaqueiro cabra da peste e teimoso, incansável ao aboiar a música, o folclore, as riquezas culturais do Nordeste pelo ‘Brasil do Créu’ afora com a mesma visceralidade que faz a sua voz e acordes adentrarem os diversos ritmos da região. Do grave ao agudo, forró, rastapé, xote, ligeira, coco, galope, baião. Só não tenha, jamais, este intérprete número um de Elomar com ‘um cantor’. Ele pode achar ofensa.
Em meio ao solo rachado da música comercial, Xangai lançou seu primeiro disco, ‘Acontecivento’, em 197…

Por sonho, casamento nos EUA tem bolo com cara e tamanho da noiva

Imagem
Casamento sem bolo é quase festa de criança sem brigadeiro. Além de correr atrás de salões de festas, vestido e enfeites, todos noivos que se prezem também buscam o melhor e mais bonito bolo para aquele que promete ser o ‘dia mais lindo’ da história do casal.
Nos Estados Unidos, porém, uma noiva teve um sonho e mandou fazer um bolo que com certeza não terá, literalmente, a mesma cara que qualquer outro. A não ser que ela se case novamente Tudo porque o bolo tinha as mesmas medidas (altura, largura e tudo mais) que a próprio noiva. E, claro, o rosto da própria.

****
ÚLTIMA CHANCE PRA QUEM QUER TRAÇAR A NOIVA!!!

Autopsicografia

Imagem
Sóbrio poltrão
Ébrio boêmio
Bocados da minha sorte.
Dedilhar primos acordes, martírio.
Tanger derradeiros, a morte.

EURECA!!!

Imagem
Palmeiras acerta com Denilson

Jogador aceita contrato de produtividade e fica por um ano. Quanto mais ele jogar, mais ele vai ganhar

O Palmeiras acertou a contratação do atacante Denílson. O jogador aceitou a contra-proposta oferecida pelo Palmeiras e deve ser apresentado na próxima terça-feira.

- A proposta é de produtividade, com valores que consideramos justo. Quanto mais ele jogar, mais ele vai ganhar - disse o diretor de futebol do Verdão, Genaro Marino.

O contrato de produtividade é válido por um ano, com um salário variável conforme o número de jogos que ele fizer pelo time.

******
E assim o Verdão descobriu a fórmula para alavancar o Brasil... Ou não seria interessante tratar servidores públicos a base de contratos de produtividade???

Só se foi quando o dia clareou

Imagem
Há alguns dias recebi um boletim de um dos jornais ‘on-line’ de Aracaju. Na manchete, as presenças de Marcelo D2 e O Rappa no Projeto Verão. Resolvi acessar o conteúdo e me deparei, já no corpo do texto, com o nome de Paulinho da Viola. Fora das letras garrafais, tímido como a voz mansa e melódica do sambista carioca.

Esfreguei os olhos. Olhei novamente e ele permanecia ali: “Paulinho da Viola”, em meio a tantas outras atrações não tão "expressivas" quanto um O Rappa, um Marcelo D2 ou, quem sabe, um Aviões do Forró (esta última, para o bem dos ouvidos aracajuanos, está fora do projeto).
“Paulinho da Viola”... Não consegui terminar de ler a matéria. A manchete do tal site tornava-se, para mim, uma heresia. Um acinte. Uma cusparada na cara da música popular brasileira. Era, ainda, a prova cabal de que a mídia merece ser responsabilizada pela disseminação da escória musical do país (com todo respeito ao O Rappa e ao D2, que eu acho muito bons, mas se a atração fosse o maldito Av…