Pétala de poesia

A grande beleza das flores está na simplicidade e generosidade com que permitem cultivar as sementes. Singela forma de retocar as cores do mundo.


Comentários

Sandra disse…
HI :)
Dunya disse…
uia pra isso!!! [2]
Thiago Barbosa disse…
Grande poeta! Abraço Alvinho!
Viva La Brasa disse…
É assim: o cabra começa c/ elocubrações sobre exame de próstata, passa a escrever letras poéticas de MPB, e termina exaltando a delicadeza das flores...
Toma vergonha, Álvaro!
Heheh... Abraço.
Vivianne Paixão disse…
Meu bem também é poeta!!Que lindo meu amor...

Ti amo
xau
PS: Tá vendo aí! Comentei no seu blog...rsrsrsrsrs
Armando Maynard disse…
Belezas da natureza:CAVALO, CACHORRO,MULHER e CRIANÇA,não nessa ordem.E respeitando a sensibilidade do Álvaro, flores,muitas flores.Brincadeira...Um abraço,Armando(lygiaprudente.blogspot.com)
adolfo, o rude disse…
Das 4 belezas citadas acima, eu fico c/ a MULHER, o resto façam bom proveito...
Alvilão, meu chapinha sanguibão, valeu pela força ao programa, sou seu amigo mesmo vc sendo poeta, heheheh.
O happy hour de hoje vou dedicar a vc, valeu?! (vale dizer que meu happy hour atualmente começa à 1H da manhã, difícil é acordar pra trabalhar no dia seguinte)
Abraxxx my friend @
Anderson Ribeiro disse…
Esse Álvaro anda surpreendendo a cada dia. "Singela forma de retocar as cores do mundo..." isso é bonito.
Canela disse…
Uma coisa esse Álvaro... uma coisa!
Billy disse…
Beleza Gano.
Pra vc, um jarro de folha de louro! Pelo menos dá gosto na feijoada!!!

Vamos axerizar esse poema!

Postagens mais visitadas deste blog

A síndrome do chifrudo imaginário

Quero ser médico do Detran!

Gordo na academia